>>
ABSC 01
 
Tipologia: ABSC 01 (Ambulância de Socorro Nº1)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 312D
Ano: 1995  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 3 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2006
Finalidade: Socorro
 
 
Tipologia: ABSC 02 - Medicalizável (Ambulância de Socorro Nº2)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 413 Cdi
Ano: 2004  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 3 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2014
Finalidade: Socorro
 
ABSC 03
 
Tipologia: ABSC 03 (Ambulância de Socorro Nº3)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 315CDI
Ano: 2006  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 3 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2006
Finalidade: Socorro
 
ABSC 04
 
Tipologia: ABSC 04 (Ambulância de Socorro Nº4)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 313CDI
Ano: 2005  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 3 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2005
Finalidade: Socorro
 
ABSC 05 - Medicalizável
 
Tipologia: ABSC 05 - Medicalizável (Ambulância de Socorro Nº5)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 315CDI
Ano: 2006  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 3 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2006
Finalidade: Socorro
 

Veículos de Combate a Incêndios

VLCI 01
 
Tipologia: VLCI 01 (Veículo Ligeiro de Combate a Incêndios Nº1)
Marca/Modelo: Mitsubishi Canter FE 331 2A
Ano: 1992  Combustível: Gasóleo
Capacidade: 400 Litros Guarnição: 5 bombeiros
Entrada ao Serviço: 1992 (Restaurado em 2011)
Finalidade: Intervenção em Incêndios
 
VUCI 04
 
Tipologia: VUCI 04 (Veículo de Combate a Incêndios Urbanos Nº4)
Marca/Modelo: Iveco Magirus ML 100E21 B Eurofire
Ano: 1998  Combustível: Gasóleo
Capacidade: 1 400 Litros Guarnição: 6 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2005
Finalidade: Intervenção em Incêndios Estruturais
 
 
Tipologia: VFCI 03 (Veículo Florestal de Combate a Incêndios Nº3)
Marca/Modelo: MAN 10.224 LAEK 35.6 Cd26 
Ano: 2001 Combustível: Gasóleo
Capacidade: 3000 Litros Guarnição: 5 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2014
Finalidade: Intervenção em Incêndios Florestais
 
VTTU 01
 
Tipologia: VTTU 01 (Veículo Tanque Táctico Urbano Nº1)
Marca/Modelo: Mercedes Benz 2535-Actros
Ano: 1999  Combustível: Gasóleo
Capacidade: 16 000 Litros Guarnição: 2 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2006
Finalidade: Apoio no combate a Incêndios

Veiculos de Transporte de Doentes

ABTD 01
 
Tipologia: ABTD 01 (Ambulância de Transporte Nº1)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 312CDI
Ano: 2004  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 2 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2007
Finalidade: Transporte de doentes
 
ABTM 01
 
Tipologia: ABTM 02 - Medicalizável (Ambulância de Transporte Múltiplo Nº2)
Marca/Modelo: Mercedes Benz Sprinter 213CDI
Ano: 2003  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 2 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2003
Finalidade: Transporte de doentes

Veículos de Apoio

VCOT 01
 
Tipologia: VCOT 01 (Veículo de Comando Táctico Nº 1)
Marca/Modelo: Range-Rover LHAA F8 2.5
Ano: 1992  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 4 bombeiros
Entrada ao Serviço: 1993
Finalidade: Comando, Coordenação e Reconhecimento
 
 
Tipologia: VTPT 01 (Veículo de Transporte de Pessoal Táctico Nº1)
Marca/Modelo: UMM Alter 4x4 D
Ano: 1993  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 6 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2004
Finalidade: Transporte de Pessoal
 
 
Tipologia: VTPG 01 (Veículo de Transporte de Pessoal Geral Nº1)
Marca/Modelo: Iveco Daily
Ano: 1997  Combustível: Gasóleo
Guarnição: 21 bombeiros
Entrada ao Serviço: 2014
Finalidade: Transporte de Pessoal
 

Veiculos de Museu

1ª Auto-Bomba em Portugal uma "Ferbeck" de 1911

Primeiro Veiculo Automóvel adquirido em Portugal para o serviço de incêndios, iniciativa de Eduardo Augusto Macieira.

 

Primeira viatura automóvel para serviço de socorros a feridos em Portugal

Era uma ambulância que além de um pequeno arsenal cirúrgico e todo o material para pensos e tratamentos de urgência, transportava macas braçais para condução de feridos e uma tenda em lona.

 

Ambulância "Decauville" de 1915

Em 12 de Dezembro de 1915, festejando o 5º Aniversário da Associação, inaugurou-se o primeiro carro-macas para transporte de feridos e doentes, único em qualquer Corporação de Bombeiros do País.

 

Pronto-Socorro "Delahye" de 1921
 
 
Foi o primeiro carro em Portugal que continha um depósito de água (400 litros) e era provido de 40 metros de mangueira de borracha rígida, sistema adoptado pela primeira vez no nosso País. Trabalhava com 2 ou 4 agulhetas e tinha o débito normal de 60.000 litros hora, aspirando com haste de 7 metros. Considerado um "Assombro" naquele tempo...
 
 
Pronto-Socorro de 1957
 
 
Oferta de um Auto Pronto-Socorro de Nevoeiro, um modelo igual aos que haviam sido adquiridos naquela altura pelo Batalhão de Sapadores Bombeiros.
 

Área Reservada